Biesse na Holz-Handwerk 2018 com a paixão de sempre e a tecnologia do futuro

A plataforma SOPHIA da Biesse está sendo apresentada ao público da feira pela segunda vez na Alemanha, na HOLZ-HANDWERK 2018, prevista para acontecer no centro de feiras de Nuremberg, de 21 a 24 de março.

Uma oportunidade imperdível de descobrir em primeira mão as principais vantagens oferecidas pela nova plataforma de serviço IoT e de ter uma visão de perto de todas as tecnologias Biesse - soluções que podem revolucionar a produção. “Trabalhamos ao lado de nossos clientes para transformar sua realidade de produção em fábricas digitais que possam atender a todas as necessidades do mercado atual. Oferecemos máquinas que podem se comunicar entre si graças a sistemas de automação e software de diálogo que podem imaginar um produto e simular sua construção e teste antes mesmo de sua criação” diz Jacek Pigorsch, CEO da Biesse Deutschland.
 “Sophia é a prova do nosso compromisso em acompanhar os nossos clientes no caminho da evolução, através da otimização de todos os ativos fundamentais - tecnológicos, estratégicos, organizacionais e humanos. Na Alemanha, estamos investindo mais do que nunca. Entre outras coisas, vamos ampliar a sede da nossa empresa em Elchingen em mais de duas vezes com um novo edifício. Teremos um novo Showroom no qual apresentaremos um grande número de máquinas e sistemas constantemente prontos para demonstração; e haverá também uma área especial de software e serviço. Além disso, estamos otimizando nossa área de formação e proporcionando aos nossos clientes condições ideais de formação" acrescenta Pigorsch.
A HOLZ-HANDWERK 2018 uma oportunidade imperdível para nossos clientes experenciarem plenamente nossa cultura corporativa e verem pessoalmente nossas inovações 4.0 Ready.
Jacek Pigorsch CEO da Biesse Deutschland

O stand da Biesse apresentará a SOPHIA (a plataforma IoT criada pela Biesse em colaboração com a empresa de serviços profissionais Accenture), que permite aos seus clientes acessar a uma grande variedade de serviços para agilizar e racionalizar os seus processos de gerenciamento de trabalho. Baseia-se na ligação a um serviço de nuvem e sensores especiais aplicados às máquinas Biesse; as informações e dados sobre as tecnologias em uso podem ser gravados e enviados em tempo real para otimizar o desempenho, evitar defeitos e aumentar a produtividade de máquinas e sistemas. Além disso, a conexão direta com peças, o portal de peças de reposição da Biesse e a capacidade de atualizar o software em alguns cliques fornecem aos clientes ferramentas de trabalho diárias que podem simplificar uma série de tarefas. O principal valor da Sophia é o poder de sua natureza preditiva: a capacidade dessa tecnologia fornecer uma visão do futuro, antecipando problemas que possam surgir, identificando soluções e melhorando o desempenho. Os recursos de IoT dentro da plataforma garantem um aumento significativo na produtividade, cortesia de um processo de análise e relatórios constantes, precisos e abrangentes sobre o desempenho da manufatura.

No estande estarão muitas máquinas , usadas para demonstrações específicas que, com as habilidades do pessoal técnico e comercial da Biesse, darão respostas claras às necessidades de quem trabalha com madeira. As máquinas cobrirão todos os aspectos do processamento de madeira, desde centros de processamento até máquinas de colagem de borda, seccionadoras e lixadeiras. E não esquecendo os pacotes de software avançados e eficientes que podem se comunicar entre si e gerenciar as máquinas sem problemas.
Os centros de processamento incluirão várias máquinas da linha Rover, especialmente projetadas para a produção de itens de móveis e caixilhos de portas/janelas. Graças à grande variedade de tamanhos e configurações, é ideal para pequenas e grandes marcenarias que precisam fabricar produtos de forma irregular ou produtos padrão em pequenos lotes. Desde o compacto Rover A e Rover K Smart que pode produzir todos os tipos de elementos de mobiliário com uma única máquina, ao Rover C de desempenho superior que pode trabalhar peças especialmente grandes. Haverá também um centro de processamento com mesa - o Mesa plana, o Rover K FT para operações de nesting que garantem versatilidade ideal, dimensões reduzidas e a qualidade superior que sempre distinguiu a linha móvel, e o Brema Eko 2.2 para mandrilamento e fresamento.

Quanto às soluções da Biesse para o setor da construção em madeira, estará em exposição o Uniteam CK . Projetada para processar estruturas arquitetônicas complexas como construção civil, coberturas de piscinas, centros esportivos, etc., pode trabalhar vigas de até 14 m de comprimento e seção de até 1.000x300 mm. O Winline 16 é o novo multicêntrico projetado para artesãos e pequenas empresas que desejam aumentar sua produção, e fábricas de médio e grande porte que produzem pequenos lotes de formas irregulares ou adaptações.

Os visitantes interessados no processo de colagem de borda poderão ver algumas das soluções da linha afirmada da Biesse para este tipo de trabalho, incluindo Akron 1300, Akron 1400 e Stream A. As máquina de colagem de borda são os únicos sistemas construídos no mercado para suas necessidades específicas de processamento. Posteriormente, eles podem ser reconfigurados para atender a quaisquer novos requisitos de produção.

A Biesse também exibirá o Selco WN2 - seu novo centro de corte voltado para o artesão que decide fazer um investimento inicial para melhorar a produção e a qualidade do processamento; este passo de uma máquina manual clássica para a primeira tecnologia de corte real é confiável, fácil de usar e acessível. O Viet Opera 5 e o Viet Opera S2 também serão demonstrados. Esses centros de polimento tecnologicamente avançados atendem aos diversos requisitos de pequenas, médias e grandes empresas. Os pacotes de software Biesse também são um elemento vital. Eles podem digitalizar as máquinas e os itens a serem criados, verificando a produção antes mesmo que ela aconteça.

Go to top of page