Falegnameria Biffi

Tecnologia que ajuda.

A empresa artesanal, guiada pela potência das máquinas da Biesse, comemorou recentemente seus primeiros cinquenta anos. Tenacidade e determinação foram as chaves desse autêntico sucesso.

Cliente: FALEGNAMERIA BIFFI
Cidade: MEZZAGO (MB)
País: Italy
Produto: BREMA VEKTOR 15

Em 1967, Antonio Biffi tinha 20 anos e era ainda menor de idade quando decidiu abrir sua empresa. Naquela época, era preciso ter 21 anos para ser considerado um adulto, mas isso não o impediu de passar de assistente de carpinteiro - seu trabalho desde os dez anos de idade - e aprendiz a empresário de sucesso na cidade vizinha de Bellusco, dando vida à carpintaria que hoje comemora 50 anos de atividade. Para criar a empresa, Sr. Antonio precisou da autorização do pai, com escritura em cartório, mas era apenas uma formalidade para a família Biffi: uma família que há muito vivia na Brianza, em meio aos campos de Mezzago. A carpintaria conquistou uma forte reputação no setor graças à grande profissionalidade e a confiança oferecida aos clientes. A Falegnameria Biffi é uma empresa verdadeiramente familiar. Antonio, o proprietário, conta com o apoio da esposa, Rosangela, que se ocupa da parte administrativa e de gestão da empresa. Seus filhos, Roberto e Luca, já são sócios e são um exemplo das conquistas da empresa, cujo crescimento acompanha a evolução da economia e da força de trabalho na Brianza. "De atividade individual e basicamente familiar, nos transformamos em uma empresa com uma força de trabalho de quase trinta pessoas", diz Antonio. "Nossos funcionários contribuíram para esse crescimento. Desde o início, a maior parte deles era de Mezzago, e com o passar do tempo a empresa fortaleceu seus laços com a cidade."

Rever os primeiros cinquenta anos da empresa também é fascinante: "Da produção de tamancos de madeira e lustres rústicos à criação de móveis para escritórios, a nossa gama de processamentos aumentou constantemente", continua Antonio, ao narrar a história da empresa até o novo milênio, quando seus dois filhos, Roberto e Luca, juntaram-se à empresa, trazendo novos ares de inovação tecnológica. O novo parque de máquinas automatizadas da empresa inclui sete centros de processamento e 8.000 metros quadrados de superfície de produção. "Nos últimos anos, nos especializamos na produção de expositores, vitrines e mobília técnica para os pontos de venda dos nossos clientes. Entramos em um mercado fortemente vinculado ao setor publicitário e comercial, que exige prazos de entrega rápidos, baixo custo e produtos com qualidade médio-alta."   Em uma empresa em que o perfume da madeira está impregnado de paixão genuína, ninguém se esquece de uma palavra-chave: flexibilidade. É uma meta que Sr. Antonio sempre teve em mente: "O mercado em que operamos é caracterizado pela presença de muitos concorrentes que oferecem produtos aparentemente semelhantes, em termos de características e resultado final, mas que na verdade têm diferenças importante quanto aos materiais usados, as técnicas construtivas e o preço. Da nossa parte, trabalhamos sempre para alcançar o equilíbrio correto, limitando os custos sem sacrificar a qualidade".   Os produtos são desenvolvidos de acordo com os projetos e o design do cliente e nos ocupamos de cada fase de produção: a tecnologia tem um papel fundamental para a ótima finalização dos projetos. Com máquinas CNC de última geração, pintura automatizada e manual e veículos próprios para a entrega das mercadorias, a Falegnameria Biffi oferece um serviço completo, podendo também atender pedidos atípicos para uma carpintaria tradicional, como o processamento de metacrilato, a construção de estandes e áreas de exposição para feiras e eventos e o acabamento de produtos semiacabados. "Continuamos a nos definir uma empresa artesanal, um lugar onde as pessoas ainda têm um papel fundamental", destaca Antonio: "As habilidades manuais e a experiência dos trabalhadores é essencial principalmente para aquele toque a mais para cada peça, que transforma uma simples madeira semiacabada em um belo produto".

Falegnameria Biffi: Foto 1

Mas se o toque manual é insubstituível, a contribuição cada vez mais estimulante da tecnologia também é crucial para garantir a flexibilidade que o mercado exige. Nesse ponto entra em jogo a Biesse, parceira tecnológica do crescimento inexorável da empresa. "Acreditamos fortemente que a maior vantagem oferecida pela tecnologia de processamento de madeira é a produtividade, em termos de horas e cargas de trabalho. A tecnologia da Biesse tem nos ajudado a reduzir significativamente os tempos de processamento", explica Antonio. "Se somarmos a flexibilidade da gama Rover, capaz de processar qualquer coisa, de um simples furo à criação de formas complexas, temos ao mesmo tempo qualidade e quantidade", afirma.
O parque de máquinas da Falegnameria Biffi inclui uma grande variedade de máquinas da Biesse. A última é uma Brema Vektor 15, adquirida em 2017, mas para somar todas elas precisamos voltar ao primeiro Rover 36, comprado nos anos 90, "que foi o protagonista absoluto da nossa transição de carpintaria tradicional para o que somos hoje", recorda Antonio. Outras máquinas são a Selco WN200, os Rover 342 e 321 e as modernas Selco WNAR e EXCEL, a última tendo sido criada através de um "projeto conjunto" com a Biesse: uma máquina realmente feita sob medida para o cliente. "Seus técnicos sempre nos ajudaram a entender nossas necessidades, o que facilitou muito a transição de máquinas tradicionais para máquinas mais inovadoras e com maior rendimento."
 
Atualmente, a Falegnameria Biffi é capaz de realizar qualquer tipo de processamento de carpintaria: corte/secionamento, fresagem, perfuração e colagem de borda. Além disso, a empresa possui uma departamento de lixamento e pintura de vanguarda e um grande depósito para armazenamento e logística: essas soluções, explica Antonio, "nos ajudaram a alcançar um alto grau de autonomia de produção. Precisamos recorrer a terceiros apenas para obter matéria-prima e para operações de processamento muito específicas (revestimento em pó para partes metálicas, acoplamento e colagem de laminados e películas em painéis, etc.)." 
A tecnologia se adapta a uma grande variedade de exigências, uma vantagem que traz muito orgulho a Antonio Biffi. "Somos capazes de processar madeira e materiais plásticos na mesma máquina simplesmente trocando as ferramentas e adaptando os ciclos de processamento." Flexibilidade, por definição.

A Biesse sempre nos ajudou a entender nossas necessidades, uma ajuda enorme à medida que mudamos de máquinas tradicionais para máquinas mais inovadoras com maior desempenho.
Antonio Biffi Proprietário
Antonio Biffi
Falegnameria Biffi: Foto 2
Falegnameria Biffi: Foto 3
Falegnameria Biffi: Foto 4
Falegnameria Biffi: Foto 5
Grandes ideias precisam de um grande parceiro.
Descubra como pode transformar os seus negócios com a Biesse ao seu lado.
O Sydney String Centre
Go to top of page